terça-feira, 26 de maio de 2015

Onde foi parar o Marketing do Digital?

Cada vez mais o Marketing Digital se faz presente na vida dos usuários, principalmente em quem possui negócio próprio ou quer empreender. E, na mesma proporção, empresas prestadoras de serviços digitais emergem freneticamente para atender a esta demanda. Mas será que estas empresas estão realmente aptas a oferecer Marketing para o ambiente online? Ou será que estamos lidando com “profissionais” que utilizam o termo Marketing Digital como mera “força de expressão”?

Lamentavelmente, muitos negócios que contratam serviços em Marketing Digital são envolvidos por um discurso evasivo, pouco esclarecedor, porém muito intimidador, do tipo: “se sua empresa não está no Google, não existe”. Você acredita nessa premissa? Deveria! Mas não pelo discurso ameaçador e, sim, por fatos.


Assim como muitas empresas (especialmente micro, pequena e média… ou mesmo um profissional liberal) não estão preparadas para saber o que esperar de agências de Marketing Digital, muitas destas não estão preparadas para dar uma boa base de informações a seus clientes. E é exatamente por esta base que todo o serviço online oferecido deveria ser norteado: o Marketing.

No Marketing Digital, antes do Digital temos o Marketing; o fundamento.

Se alguma agência disser para você que fazer publicações no Facebook, criar anúncios no Google AdWords, ou até mesmo realizar otimização de um site (SEO), é Marketing Digital, fuja! Ou coloque esta agência para correr de sua frente!

E se esta mesma agência, ou outra, afirmar que seu negócio precisa anunciar no Facebook ou no Google, sem sequer questionar como funciona o seu segmento (posicionamento, mercado, concorrência, público-alvo, aceitação do produto ou serviço, abrangência, entre outras questões), fuja de novo! Ou coloque esta agência para correr de sua frente mais uma vez!

Muito antes das ações citadas acima, um negócio precisa de estratégia. A empresa que busca uma agência de Marketing Digital deve encontrar profissionais que, antes de vender seus serviços em redes sociais ou mecanismos de busca, se preocupem em compreender o seu negócio. A partir daí, será possível estabelecer parâmetros para o desenvolvimento de um plano de ação (ou planejamento estratégico), traçando objetivos, estabelecendo metas, identificando o público, reconhecendo as limitações orçamentárias, nomeando colaboradores e fornecedores, e, inclusive, eleger os canais online onde tudo acontecerá.

Percebeu a diferença? O “Digital” (onde) vem somente após ser estabelecido o “Marketing” (o quê, quando, quem, quanto, por quê e como). O Digital é apenas um ingrediente deste bolo todo. O fermento mesmo está no Marketing! Isso é Marketing Digital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário